Follow by Email

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

AMAR NESTE MAR IMENSO




















Sabes? Não quero ser mar
Nem que tu sejas areia,
Para podermos amar
Precisamos é de veia!

Par'amar como tu amas,
Impossível igualar:
Amor de fogo em chamas...
Cuidado pra não queimar.

Aqui, neste mar imenso,
Tenho amor de amante...
Hoje tristemente penso
Que fui um astro errante.

Hoje tuas mãos estreito.
Num momento bem amargo.
No meu peito te aceito,
Sabendo que és meu Orago.

Amar-nos no mar imenso
Em manhãs a destrelar...
Sabes sempre o que eu penso:
És mais bela que o mar!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário