quinta-feira, 26 de abril de 2012

A VIDA E O TEMPO




















Contemplo minha vida gotejando
Nas linhas que o destino lhe traça.
A vida, o tempo... Lá vão passando
Com o meu eu que muda e s'enlaça.

Hoje, vi o meu eu como a fonte
Da vida suave e da tormenta...
Fui eu que a fiz!... Vi no horizonte
Vida ao ritmo de quem m'acalenta.

Vida tem dias de bons pensamentos,
Sem as lágrimas dos meus desalentos
Qu'atirei com a força dum tornado!

No tempo retomarei a lembrança
De ter vida amanhã com esperança
Dum dia alegre e mais azulado!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

AQUI MOROU MEU REI

Aqui morou um rei quando, menino, Vestia um castanho algodão. A pedra da sorte do meu destino Pulsava junto ao meu cora...