Follow by Email

terça-feira, 3 de abril de 2012

HO!... MUNDO! PRA ONDE VAIS?

















Mundo, Porque Me deixaste abandonado?
Eu Sou o teu Criador, o teu Pai Eterno!
Eu sofri tanto pra te livrar do Inferno...
E, pela tu' ambição, Fui Crucificado!

Continuas com teu ídolo e pecado
E ficas cego com o fulgor do moderno,
Vives no meio das nuvens negras d'Inverno
E matas cruelmente o fruto fecundado!

Virá um dia que teu fim atingirás,
Despertará, pra ti, a Luz da Alvorada,
Então, ouvirás esta voz: «Não matarás»!

Eu triunfei na batalha com Satanás!
Guiar-te-ei p'la obscura encruzilhada...
Na Minha Morada, Mundo, habitarás!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário