quarta-feira, 11 de abril de 2012

ESPERANÇA E FÉ

















Dizes: O meu caminho é muito duro,
Pesa-me aos ombros minha grande cruz...
Caminho pela vida, mas inseguro,
Não consigo ver nem o Bem nem a Luz!

Eu olho e penso: Eu sou diferente!
Vejo cargas que posso aliviar,
Atravesso a vida como penitente,
Procuro uma vida d'amor, levar...

Tudo depende da forma de lidar
Com a vida, como queremos seguir,
Sem lamentos... Pois é tempo de mudar
E tempo do nosso viver corrigir.

Mesmo se é duro o teu existir,
Sê positivo e tudo vai mudar.
Procura, na tua vida, dividir...
Com esperança e fé: Vais superar!

Modesto

1 comentário:

  1. Que bem me fez, Modesto, este raio de luz e de esperança expresso no seu maravilhoso poema, que eu considero de intervenção pedagógica!!!
    Obrigada...sempre!

    ResponderEliminar

NOITES DE LUA

Belas noites brancas de lua cheia, Como gosto de vós, noites formosas! Minh' alma canta como a sereia, Que s...