segunda-feira, 23 de abril de 2012

A BELEZA DA NATUREZA























Como é belo de ver,
Até custa a acreditar
O que 'stá acontecer
Debaixo do meu olhar:

O sol a contemplar
As aromáticas flores...
Os seus perfumes no ar
São tão inebriadores!


















Aves em acrobacias,
Mostram seu nobre voar!
É delírio... magias
Difíceis d'acreditar!

Natureza especial,
Cenário pra ficar.
É beleza principal
Que devemos preservar!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

DESCANSO DUM SONHADOR

A cabeça pendida docemente Em sonhos do sonhador inquieto: É o sonho o seu bordão clemente E repousa num descanso discr...