quinta-feira, 27 de abril de 2017

VISITA À MINHA TERRA



















Vim aqui matar saudades
Do lugar em que nasci.
Passar umas boas tardes,
Ver o que deixei aqui!

Escutar os passarinhos,
O que com eles cantei.
Correr nos mesmos caminhos
Em qu' em criança andei.

E por aqui ficarei,
Pelo menos alguns dias.
Rever o qu' aqui deixei
E renovar energias!

Depois... terei de voltar
Prà minha terra d' exílio
E novament' enfrentar
Tod' aquele correrio.

"O que é bom dura pouco"
Diz ditado popular.
Já estou a ficar louco
Por deixar este lugar!

Eu bem queria ficar:
Irei partir sem vontade!
Fica, querido lugar,
Que de ti vou ter saudade!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

UM PAR DE ASAS

Se eu fosse águia ou cotovia Com liberdade plena à minha mão, De voar segundo a minha fantasia, De abrir as asas e ...