quarta-feira, 26 de abril de 2017

DORMIR AO LUAR



















Aconchegado num raio de lua,
Ouvia cantigas de embalar...
Par'cia qu' era filho da rua,
A lua estava-me a mimar.

As estrelas fiquei a admirar!
Refletiam mil cores ao luar,
Vinham aquela noite enfeitar
Um belo quadro, com seu cintilar!

Na rua um poeta versejava
Pra encantar a sua namorada.
Na janela, a moça suspirava
Feliz, escutava apaixonada!

O frio agarrou-se ao meu rosto,
Na madrugada 'stava a gelar.
Mesmo assim, senti aquele gosto
Duma noite ao relento ficar.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

AQUI MOROU MEU REI

Aqui morou um rei quando, menino, Vestia um castanho algodão. A pedra da sorte do meu destino Pulsava junto ao meu cora...