quarta-feira, 5 de novembro de 2014

A PALAVRA AMOR


















A Palavra Amor, na Sagrada Escrita,
É superior ao tempo e à distância.
Ela sempre será a palavra bendita,
A única que sacia a nossa ânsia.

Fora dela, em vão o 'spírito s' agita
Em devaneios de glória ou arrogância.
E só ela tem a amplidão infinita,
Só ela nos torna firmeza e constância.

Longe do seu influxo, ódio somente!
Ela, no seu total ser, gera alegria,
Unidade, compreensão e harmonia.

Deus no-la ensinou pra, por ela, subirmos,
Com ternura e paz aos insondáveis cimos,
Onde a Luz-Amor não tem noite nem dia!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

SONETO BEM CRIADO

Nestas linhas mal traçadas, Há um soneto partido E mágoas anunciadas: Ouve-se long' o gemido. Nas linhas, há al...