terça-feira, 5 de junho de 2012

CENTELHA VIVA




Sonhar só para aquecer,
P'lo tempo 'star a passar?
Está vivo o meu querer
Que é lume a crepitar!

Tenho a centelha viva,
Vivo melhor cada vez.
Lembro a vida activa,
Vivida com altivez!

Sinto ainda vontade
De sonhar dentro de mim.
Do sonho vem a saudade
Da paz que vivi... Enfim...

'Inda quero alcançar
O Presente qu'há-de vir!
Ânimo não vai faltar,
O Futuro vou sentir!

Irei ter felicidade
Em brasa, não em carvão!
Adormeço a saudade
E vivo com coração.

Gritarei felicidade,
Sempre que vir uma flor.
Quando surgir a saudade,
Perpetuo o amor!

Sou pedaços de lembranças
Com memórias preciosas!
Há ainda esperanças,
Leveza das mariposas!

A vida madura é feita
De sombras e de vazio...
A 'scuridão é desfeita,
Quando 'inda existe brio!

À tristeza digo adeus,
Só quero o que me cativa.
Continuai, sonhos meus,
Mantende-m'a chama viva!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

O CÉPTICO TAMBÉM PENSA...

Deus há muito desceu no Ocidente, Lá, por trás dos montes de rosa tingidos... Vejo o mundo que ante mim s' estende ...