sábado, 9 de junho de 2012

CAMPO DE POESIA
















Campo verde de esperança,
Dá-me a tua linda cor!
Eu quero ter na lembrança
teu reflexo de amor!

Quando as flores murcharem
E o Inverno chegar,
Vou ver as aves voarem
Por cima do meu lugar!

Prendeste a minha mente,
Qual orquídea perene!
Dás calor à tua gente,
Pra que a vida serene!

Rimas e versos floridos
Falam do amor amigo
Cantados aos meus ouvidos...
E cá ficaram comigo!

És mundo de poesia,
Campo da melancolia!
Recordo com alegria
As tardes em qu'a fazia!

Campo ond'habita a tua
Beleza que me sacia:
Mundo d'estrelas e lua
Que 'inda hoje m'acaricia!

Ligaste meu coração
À tua bela magia!
Campo que me deste pão
E Augusta Poesia!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

SONETO BEM CRIADO

Nestas linhas mal traçadas, Há um soneto partido E mágoas anunciadas: Ouve-se long' o gemido. Nas linhas, há al...