Follow by Email

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

O CICLO DA VIDA


















A vida, luta e queda, queda e luta!
A morte, a mesma luta, o mesmo empenho.
É assim que Deus lapida a pedra bruta,
Ao menos é o que lembro de onde venho...

Na vida, a consciência diminuta,
Na morte, a mesmo mó, mas outro engenho.
E a dor a burilar-nos a conduta!
São estas as minhas lembranças que retenho...

A vida, a morte... O ciclo permanente,
São os aros desta roda que se pressente,
Os caminhos do futuro e nos convida

À evolução eterna e de tal sorte
Que se há, depois da vida, sempre a morte,
Há, depois de uma morte, a nova vida!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário