Follow by Email

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

CONTAS DE FIM DE ANO



















Durante o ano, não fui perfeito!
Fiz erros, omissões, pouco temor,
Tive desdém, fui árido no peito...
Na retrospectiva, é recompor.

O rito de se dar daquele jeito
Deixa fraca a fé no Criador.
Ao ter e ao prazer já fui afeito...
Há dias sem afecto nem calor!

Porém, também fiz algo bem feito,
S' o coração implorava respeito,
Dava sempre um raminho de flor!

Então, quem sabe ter crédito feito,
Que se vá doando sem preconceito
E aprenda a falar com amor!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário