quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

A IMACULADA MÃE

























Sou verdadeira mãe de Deus que é meu filho
E sou Sua filha,'inda ao ser-Lhe mãe.
Ele d' eterno existe e é meu filho
E eu nasci no tempo e sou Sua mãe!

Ele é o meu Criador e é meu filho
E eu sou Sua criatura, sou Sua mãe.
Foi um divinal prodígio ser meu filho,
Ser um Deus eterno e ter a mim por mãe!

E o ser da mãe é quase o ser do filho,
Visto que o filho deu o ser à mãe
E, também, foi a mãe que deu o ser ao filho.

Se, assim, o filho teve o ser da mãe,
Não poderia ter manchado o meu filho.
Por isso, eu sou a imaculada mãe!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

AOS RAIOS DO LUAR

Nos belos raios do luar, floria Rosa ideal, resplendor d' Halade! Erravam fluídos de harmonia Pela etérea, branca cla...