Follow by Email

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

NATAL FRATERNO




















Quem me dera que a paz reinasse no ar,
Que inspirasse a vida do ser humano,
Qu' em todos os cantos da terra foss' amar
Cheios de ternura, no seu quotidiano!

Plantado na alma um eterno natal,
Semeada, colhida a paz de Jesus,
Criando um mundo sem conflitos, real
E brilhando o resplendor da Sua luz!

Com o eterno espírito natalino,
Cada irmão dando afecto cristalino,
Todos eram amáveis no interior!

Assim. através do Filho, Jesus Menino,
Partilhariam as bênçãos do Criador
Que nos doou Seu imensurável amor!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário