Follow by Email

sábado, 11 de janeiro de 2014

VI...















Vi os tempos da história
Girando sob as estrelas
E florestas de memórias,
Com muita gent' a 'scondê-las.

Vi a face da loucura
E o Homem feito máquina
Qu' esqueceu sua bravura,
Vive vazio... terráqueo!

E vi os poros da Terra
Transformados em vulcão!
E vi meninos na guerra...
Cidades de solidão!

Vi selvas cheias de gente,
Selvagens sem pensamento...
Tinham perdido a semente
Do olhar além do tempo.

Vi fazerem descobertas
Pra se encher de dinheiro.
Deixaram portas abertas
Pra cidadão traiçoeiro...

Vi olhos sem horizonte,
Ouvi sons, brados molhados.
Vi pobres viver a monte
E ricos assoberbados.

Mas... vi também coisa boa:
Vi o voluntariado,
Dignidade da Pessoa...
Assim, Deus seja louvado!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário