sábado, 25 de janeiro de 2014

AMOR E CIÚME

















Delicadamente se apresenta
Enfeitada, aromas sedutores!
Faz-se flor, anseio d' alma sedenta
E se compraz em provocar-me dores!

É como a rosa com seu perfume
Que desperta, insinua, atrai...
Cobra amor e paga com ciúme,
Aprisiona-me... deixa-me... sai!

Of' rece amor, mas fico sozinho,
Dá-me amor, mas nega-me carinho,
Amor que esbofeteia e beija!

Um amor traiçoeiro e mesquinho,
Aproxima-se de mim com espinho...
E mostra-se bela, se me deseja!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

AOS RAIOS DO LUAR

Nos belos raios do luar, floria Rosa ideal, resplendor d' Halade! Erravam fluídos de harmonia Pela etérea, branca cla...