Follow by Email

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

LUA CHEIA TENTADORA






















Sobre a serra a lua lançou lamúria.
Cheia de si mesma, mingou a sua face.
Deixou as nuvens esconder a sua fúria,
Ficou lua nova... crescente em sua fase.

Em cada mês tem estes gemidos e mágoas,
Até se lembrar qual é a sua melhor fase.
Então, cheia de si, espelha-se nas águas,
Tenta os namorados a fazer-lhe face.

Perscuta corações e os seus sentimentos.
Infunde ilusões e fomenta alentos.
Quando em lua cheia... tudo é confiança!

E quando vem a noite, traz inspiração,
Enriquece a melodia da canção,
Mas... pela aurora, surge insegurança!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário