sábado, 28 de dezembro de 2013

É A VIDA QUE PASSA






















Ano velho, estás a embaraçar
O sabor das carícias já mortas!
Ano novo, já estás a cantar
As ilusões e ofertas tão mornas!

Ano novo que estás pra nascer,
Como uma 'strela amanhecendo...
Ano velho que estás pra morrer,
Não deixas muita pena fenecendo...

Ano brotando e ano partindo
Com seus madrigais e sonhos febris!
Sois folhas secas, janelas abrindo:
Sonho de vida... Que seja feliz!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

AQUI MOROU MEU REI

Aqui morou um rei quando, menino, Vestia um castanho algodão. A pedra da sorte do meu destino Pulsava junto ao meu cora...