Follow by Email

quarta-feira, 26 de julho de 2017

VAMOS PELOS CAMPOS FORA

























Vamos, Querida, pelos campos fora,
Braços abertos à doce luz da vida,
Entoando canções à bela aurora,
Sentindo-a terna, meiga... absorvida!

Vamos! É tempo: A Naturez' inflora
Nos montes, vales, campos... embevecida!
A ave canta, brisa que se adora
No amor por uma rosa: Vem Querida!

Vês? Alegre manhã e o arvoredo
Tão fresco e bom, alegre e sem medo,
Enche a terra de mágico rumor!

Pois cantemos também e vamos risonhos
Sorver a vida em turbilhões de sonhos,
Abramos os braços ao sol do amor!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário