sábado, 29 de julho de 2017

UM MUNDO DE AMOR

























Estendo as minhas mãos,
Até aos meus inimigos:
Faço um mundo d' irmãos
Sem guerras e sem perigos.

Todos vivem com' amigos:
Seria um mundo em flor,
Sem maldades, sem castigos,
Só amor, muito amor.

Um mundo só de amor,
Mas daquel' amor profundo.
S' eu pudesse, sonhador,
Só queria esse mundo.

Viveria nesse mundo
A espalhar alegria,
Sendo fraterno profundo,
Com amor todo o dia.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

INCÊNDIO VELOZ

Corre mais que um atleta, mais depressa E corre tão depressa como o vento... Atrás de si, fica a treva espessa: O ten...