terça-feira, 25 de julho de 2017

O NINHO E O SONHO

















Foi um passarinho da montanha que fez
O seu ninho num ramo, ao sol matinal.
A árvore danç' à música qu' ele fez,
Como se tivesse coração musical.

O belo pássaro entre ramos assoma
À árvore da serra - a minha paixão -
Para beber o orvalho, sentir o aroma
E de lá voa, cantando ao coração.

Assim prossegue sempre audaz e errante,
Vendo o que mais procura, mais adiante...
E, sem ter nada, tem tudo o qu' eu já tive!

E eu lanço as vistas lá pró meu passado
E julgo a vida um sonho bem sonhado...
O pássaro sonha! E a sonhar se vive!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

AQUI MOROU MEU REI

Aqui morou um rei quando, menino, Vestia um castanho algodão. A pedra da sorte do meu destino Pulsava junto ao meu cora...