NÃO ME SEPARAREI DE TI





















Se me separar de Ti, Deus de Bondade,
Cairei numa solidão impossível!
Seria infeliz em humanidade,
Cairia num abismo bem temível!

Livra-me, Senhor, desta iniquidade
Que despedaça meu coração sensível!
Viveria sem ter visibilidade
E, por Tua Cruz, seria desprezível!

À suave esperança m' entregaste,
Agora sei que não me abandonaste,
Com o preço do Teu Sangue Precioso!

Se, para eu Te amar, Tu me criaste,
Sei que dos meus males Tu me perdoaste,
Faz que vá habitar no Teu Céu Lustroso!

Modesto

Comentários

Mensagens populares deste blogue

NASCESTE, FILIPA !

A VIDA TEM OUTRO SABOR

SALVEMOS O PLANETA