domingo, 18 de junho de 2017

PRA NÓS NÃO PASSA O TEMPO
























Passem os minutos, dias e anos,
Passem todas as estações do tempo...
Que eu viva, qual tolo, os meus planos,
Ilusões pueris de sentimento.

Eu amar-te-ei em todos os tempos,
Mesmo que durma debaixo das pontes,
Que sofra de saudade uns momentos...
Nos montes, nos vales... há nossas fontes!

Se como a primeira vez fosse única
E apesar de tantas aventuras,
Ainda que outro alguém fosse única...
Só podia vir do céu, lá das alturas!

Se noss' alma vive enamorada
Com o prazer de entrega total
E a nossa vida apaixonada:
- Orgulho de um amor tão brutal!

Qualquer lonjura, pra nós, é estranho...
Não foi esse o comprometimento.
Soubessem todos noss' amor tamanho,
Sabiam: - Pra nós, não passa o tempo!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

ORIENTA-ME, ESTRELA DA MANHÃ !

Eu te procuro, doce estrela a manhã Que no lusco-fusco d' aurora 'stá desperta, Por vezes, no meio de nuvens c...