quarta-feira, 17 de junho de 2015

COMO ENCONTRAR DEUS

















Deus é grandeza infinita, paz fecunda
Que frutifica o amor quando aflora.
Ele é tempo, espaço, luz que nos circunda,
É Misericórdia a toda a hora.

É vã a inteligência que se afunda
Em querer desvendá-Lo p'lo espaço fora.
Só se sente Deus num êxtase que inunda
A alma que tem fé: Ele a revigora.

E não procures Deus no teu raciocínio,
Mesmo qu' o Seu segredo 'steja no fascínio.
Ele paira acima de toda a razão!

Sim: Prossegue na faina das tuas jornadas
E procura-O no nascer das alvoradas,
Num espaço que te leve à perfeição.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

SAUDADES, MÃE !

Vejo-te num anónimo jazigo Humilde, ond' a paz se nos revela. Erguida, junto dum ciprest' antigo, Contemp...