segunda-feira, 13 de junho de 2016

QUERO A MINHA TERRA

















É a ti que eu quero, Terra minha,
Teu sol que queima, chuva que renova,
Pássaro cantor qu' ao ver-me s' aninha
E a flor dos campos qu' é sempre nova.

As tuas árvores falam de mim,
Os teus riachos conhecem-me bem,
E tudo canta saudades de mim:
A folha que cai, o ramo que vem.

Amo teu solo que me viu nascer,
Tuas colinas me viram crescer...
Em ti está entranhada minh' alma.

Saí daqui, dei a volta ao mundo.
Mas por ond' andei, nada foi profundo
Porque só aqui encontro a calma.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

À ESPERA DE JESUS

Céu estrelado, Vento gelado, Sorriso estampado, Esperando Jesus. Ansiedade visível, Nervoso imbatível, Espe...