UNIDADE NA NATUREZA

















A Natureza é um templo com pilares
Que deixa fluir as palavras p'las frestas,
Os homens passam através das florestas
Vendo símbolos d' olhar familiares.

Como ecos qu' além juntam seus rumores
Em nobreza e profunda unidade
Tão ampla como noite ou claridade,
A que correspondem sons, perfumes, cores...

Há perfumes que nos trazem esperança,
Meigos como oboés à distância,
Outros como odores correspondidos.

E expandem-se como coisas sem fim
Como incenso, almíscar, benjoim...
Homens cantam com a alma e os sentidos.

Modesto

Comentários

Mensagens populares deste blogue

NASCESTE, FILIPA !

A VIDA TEM OUTRO SABOR

SALVEMOS O PLANETA