quinta-feira, 19 de maio de 2016

CORAÇÃO QUE ESPERA




















Põe teus olhos numa rosa,
Sonho do amanhecer:
.É um poema. não prosa
Que te fará reviver.

Tu não precisas de tempo
Pró amor acontecer.
Tenho-te no pensamento
Desde o alvorecer!

Põe o teu coração à porta,
A do lado do jardim
E teu coração se porta
Como s' estivess' em mim.

Eu fico à tua 'spera
Até ao amanhecer,
A sonhar a primavera
Com as flores a nascer.

Modesto


Sem comentários:

Enviar um comentário

SAUDADES, MÃE !

Vejo-te num anónimo jazigo Humilde, ond' a paz se nos revela. Erguida, junto dum ciprest' antigo, Contemp...