quinta-feira, 14 de maio de 2015

SAUDADES DA MINHA ESTRELA




















Procurei-te, estrela do passado,
'Scondida no azul d' imensidade!
Foste sonho d' afecto 'stiolado...
Hoje 'inda vivo nessa saudade!

Já que foste para o céu, subindo,
Minh' alma, de longe, t' acompanhava.
Enquanto no azul foste sumindo,
Vi o adeus qu' o céu me enviava.

Vi a aurora - mágica princesa...
Vi o sol o céu iluminando
A Catedral da bela Natureza.

Mas veio a noite triste, sem ela!
Eu vi as negras sombras chegando...
E nunca mais vi a minha estrela!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

ORIENTA-ME, ESTRELA DA MANHÃ !

Eu te procuro, doce estrela a manhã Que no lusco-fusco d' aurora 'stá desperta, Por vezes, no meio de nuvens c...