segunda-feira, 25 de maio de 2015

PRESOS PELO CORAÇÃO
















Intimidade é lugar sagrado,
Encantamento, amor e paixão.
Mesmo num silêncio sussurrado,
Fundem-s' amor, lábios, coração.

Felicidade sublime ardente,
Na liberdade da alma é ode.
A volúpia torna-se clemente
E transportar mais amor, não se pode.

A restante vida torna-s' estranha,
O êxtase é como a montanha
Que abarca toda a amplidão.

Então, o coração rápido bate,
Um langor lento sobre nós s' abate...
Ficamos presos pelo coração!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

ORIENTA-ME, ESTRELA DA MANHÃ !

Eu te procuro, doce estrela a manhã Que no lusco-fusco d' aurora 'stá desperta, Por vezes, no meio de nuvens c...