AS BELAS ALDEIAS

















Nas aldeias sossegadas
Com aspecto pastoril,
Há colinas azuladas
E frescas manhãs d'Abril.

Há pessoas honorárias,
Doce paz e eminências,
P'las colinas solitárias,
Cultivam florescências,

Tem eiras- como eu gosto -
Com sol e vida sã...
Tem a luz do sol posto
E o brilho da manhã.

O campo é amoroso
Quand' o calor s' insinua,
Há aroma mist'rioso,
Há a solidão da rua.

Tem paisagem que s' alcança
E passarinhos no ninho.
Toda a vida é mansa
Como velas do moinho.

À noite ouvem-s' os grilos:
Zunem notas sibilantes,
Misturam os seus estilos
Por esses campos distantes.

Modesto

Comentários

Mensagens populares deste blogue

NASCESTE, FILIPA !

A VIDA TEM OUTRO SABOR

SALVEMOS O PLANETA