segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

FLOR REDENTORA



















Linda flor da serra agreste,
Foi bem cruel a tua sorte:
A do jardim de luz se veste,
Tu, sedenta, 'speras a morte.

Uma bela lição nos deste:
Teu heroísmo rijo, forte!
Amas a quem Tua fé deste
E a beleza do Teu porte!

És flor de símbolos sublimes:
Dás paz e amor a quem erra
E seu passado redimes!

Mas foi grande o Teu suplício!
Teu odor embalsam' a terra
Com aroma do sacrifício!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

ORIENTA-ME, ESTRELA DA MANHÃ !

Eu te procuro, doce estrela a manhã Que no lusco-fusco d' aurora 'stá desperta, Por vezes, no meio de nuvens c...