terça-feira, 1 de abril de 2014

PERFUMA-ME NO TEU ARDOR























Encontrei-me na luz do teu olhar,
Nas tuas palavras vi teus sentidos.
A nossa paixão nasceu ao luar...
Converteu-se em sonhos não perdidos!

Dizes-me, nesta louca fantasia,
Serei verso da tua inspiração...
Quero ser êxtase de sintonia,
Nos traços da tua linda canção!

Serena-m' o reflexo da tu' alma,
Na brisa da noite que me traz calma...
Serei eco da tua melodia!

Guarda-me bem no teu lindo verso.
Não quero aparecer no reverso...
Serei amor na tua poesia!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

TRAZER O "SER" LIBERTO

Da gota d' água dum carinho agreste Geram-se os oceanos da bondade. O coração qu' é livre e bom reveste Todo o...