quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

A VIDA




Sabemos que vivemos pela Luz
E intuímos a Sua Vontade.
Ela é mistério que produz
A vida com serena claridade.

É dela que nasc' o Amor no mundo.
Nascemos como Ser fragilizado
Que não s'aventur' ao Amor profundo,
Tornando o mundo desfigurado.

Mas o Amor de Deus é movimento,
Sempre nos obsequeia com um Vento
Que nos faz ressurgir a consciência.

Cad' amanhecer é santificado
Com dádivas do Nosso Bem Amado,
Para conservar a nossa existência.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

ORIENTA-ME, ESTRELA DA MANHÃ !

Eu te procuro, doce estrela a manhã Que no lusco-fusco d' aurora 'stá desperta, Por vezes, no meio de nuvens c...