sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

FELIZES OS HUMILDES

A vida, o luar... toda a terra
Perdeu sua beleza natural.
Est'é um tempo que tudo emperra:
Em vez do bem procura-se o mal!

Até o nosso mar brada e berra
Para nos chamar à realidade:
Vivemos no mund'em clima de guerra...
Oh! Que Deus tenha de nós piedade!

A Natureza 'stá-s'a degradar...
A humanidade tem qu'enfrentar
Outra educação e mentalidade!

Qu'o Deus Menino abra o coração,
Volt' à Montanha fazer Seu Sermão:
Bem-aventurada a humildade!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

AOS RAIOS DO LUAR

Nos belos raios do luar, floria Rosa ideal, resplendor d' Halade! Erravam fluídos de harmonia Pela etérea, branca cla...