Follow by Email

sábado, 11 de abril de 2015

SOZINHO

















Um calmo lugar luzente.
Prado resist' à geada!
Nosso amor é ardente,
Na terra fértil, sagrada:
Luz eterna desejada!

Se o sol for alcançando
O ponto que fic' a pino...
Tu 'starás recuperando
E eu estarei divino,
Ao teu olhar cristalino!

Esta sonor' harmonia
Invade-me com doçura!
És a doce calmaria....
Mas... a dor arde, perdura:
Há melhor vida futura!...

- Agora, amor, acalma:
Falo só ao teu ouvido.
Longe de ti, não há calma,
Nega-s' o que foi vivido:
Noss' amor pré-concebido!

- Eu chamo por ti então
E quero-te libertada
Desta cruel prisão
Que faz minh' alma penada,
Com' ovelha desgarrada!

Vem, alegrias ditosas!
És tu o meu alimento...
És meu perfume das rosas,
Sem igual no meu alento:
A flor que me dá sustento!

Modesto



2 comentários:

  1. É na provação que nos apercebemos das manifestações de Jesus...ou da falta delas! O ser humano é por natureza ingrato :esquece de agradecer o bem, mas, facilmente se perde no labirinto da dor! Não, Deus nunca nos visita sem deixar connosco o farol da esperança que amaina a alma e nos ameniza o sofrimento!!! Se ainda o não fez...abra a porta, e deixe que a plenitude do amor de Deus sare a vossa solidão e encha de Luz a vossa Vida!!! É só esperar e confiar!!!
    Estou convosco em oração!!! Amiga, sempre!

    ResponderEliminar
  2. Grato: 'Stou-me repetindo!
    Deus fez homem e mulher.
    Seu comentár'o é lindo!
    Mas, viver só, ninguém quer.

    Virtudes Teologais:
    Fé, Esp'rança, Caridade.
    Elas São boas, iguais:
    Eu vivo-as de verdade.

    Mas... É duro sofrimento
    Quando se vive sozinho!
    Comentando, traz-m' alento:
    Sint' amizade pertinho!

    ResponderEliminar