quinta-feira, 18 de julho de 2013

E... OS DIAS VÃO PASSANDO!
























Eu marco os meus encontros
Comigo, nas alvoradas,
Para dar os meus descontos
Às manhãs que 'stão passadas.

Retraço meus reencontros,
Quando 'stão desencontrados...
Os sonhos que tenho prontos,
São doutros dias passados.

Não pergunto nem respondo,
Ao chegar sem saber quando,
Porqu'amor é minha fome!

Qu'import'o entardecer,
Se n'aurora'inda vou ter
A paixão que me consome?!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

VENDO-NOS AO ESPELHO

O espelho não me diz que envelheço, Enquanto andar junto da mocidade. Mas as rugas vêem meu rosto impresso... J...