segunda-feira, 24 de junho de 2013

LUA LUMINOSA





















Eu vi-te, luminosa e grande lua!
Nada do que te disse te magoa.
Perdoa-me: chorei lágrima tua
Qu'em ti desliza e em mim ressoa!

Eu vi-te: Tu eras uma beleza!
Por minha causa ou pelo amor,
Eu não quis causar-te nenhuma dor,
Porque te amo, Musa da Pureza!

Mas, ontem, como uma sinfonia,
Eras tão linda, parecias rosa!
Tu escondeste toda a estrela...

Eu gosto de ti por seres tão bela!
Quando te vi, estavas lacrimosa.
Será p'lo sol, ou p'lo nascer do dia?

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

O CORAÇÃO DO SER HUMANO

O coração de todo o ser humano Foi concebido para ter piedade, Pra ser doce no eterno desengano, Para olhar e s...