ALMA QUE BRILHA


















Como é bela e existência humana
Com a alma que brilha inocente e nobre,
Da riqueza do coração ajuda o pobre,
Na essência da vida é soberana!

Pena sermos controlados por gente insana
Que sob um sorriso postiço, encobre
Maquiavélico semblante de um ogre
Com a alma insensível, quase inumana!

No meu sonho de criança, quase inocente,
Eu sempre quis viver em paz, contente,
Viver em liberdade e em paz morrer!

Já que acredito na pureza da alma
E vivo nela com toda a minha calma...
Brilhe esta alma na luz do alvorecer!

Modesto

Comentários

Mensagens populares deste blogue

NASCESTE, FILIPA !

A VIDA TEM OUTRO SABOR

SALVEMOS O PLANETA