Follow by Email

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

MEU OLHAR EM TI


Meu olhar, hoje, é diferente dum passado distante,
Ao ver-te, já não sinto aquele aperto no peito,
O meu coração já bate mais compassadamente,
Já não baixo o olhar... Passo adiante,
Não sinto mágoa nem dor, nem sequer despeito,
Já não há tristeza nem choro, como antigamente!

Hoje olho-te à distância do nosso amor imenso
Que nunca foi, nem será nunca ilusão!
Olho-te à distância de um sorriso tenso
Porque és a minha mais doce recordação!

Mas, quando te olho, não consigo evitar a saudade
Da tua presença por trás da minha memória!
Olho-te e sinto em mim aquela verdade
Que me diz que és a minha melhor história!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário