PRINCÍPIO DO OUTONO

















As dúvidas são os relevos da vida,
São como os tempos passados em vão.
No meu peito há segurança activa
Do amor que, por ti, é uma paixão.

Os ventos vão levando minha saudade
Do tempo que nos ensinou a viver.
Agora só sobram as realidades
Que amarram meu amor ao teu querer.

O nosso outono chegou de repente,
Como a chama da lâmpada ardente
E folha das árvores do meu jardim.

És razão de minha lágrima carente,
História dum início sem fim
E teu amor não sai de volta de mim.

Modesto

Comentários

Mensagens populares deste blogue

NASCESTE, FILIPA !

A VIDA TEM OUTRO SABOR

SALVEMOS O PLANETA