segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

A MINHA MÚSICA



















A bela, irisada melodia,
Roxa sombra em tarde 'scrlate,
Faz aquecer a minha alma fria,
Às vezes, chorosa... ouço-a, bate!

Os meus anos passaram joviais,
Furtivos sobre a minha cabeça...
Em dias suaves de tons reais,
Não há tempos que a arrefeça!

É remédio prás minhas feridas!
Ao ouví-la, vem a felicidade
Com discretas, suaves melodias...
Por isso as ouço toda a tarde!

Toco piano de teclas esguias.
Circundam-me as rosas amarelas,
Rosmaninho perfuma melodias,
Voltam as sumptuosas primaveras!

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

SONETO BEM CRIADO

Nestas linhas mal traçadas, Há um soneto partido E mágoas anunciadas: Ouve-se long' o gemido. Nas linhas, há al...