Follow by Email

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

MEU TORRÃO NATAL




















Vai, meu pensamento, voa prá terra dourada e quente,
Pousa nas colinas cobertas de pinho,
Aquele verde-musgo ondulante,
Agitado pela brisa suave do poente
sobre a encosta deslizante,
Onde as aves de rapina fazem ninho.

Vai respirar ares mais leves e doces,
Impregnados de mil fragrâncias
Que exalam os campos floridos...
Oh! Recordações da infância,
Sons da terra, adormecidos!

Vai saudar, em Sande, o Ribeiro,
Lugar de folguedos de infância
E meu fiel companheiro.

Saúda também os majestosos
Rios Tâmega e Douro
Que se espraiam a teus pés, orgulhosos,
Neles se espelham os penedos, teu tesouro.

Vai visitar a boa gente de coração perfeito
De quem aprendi a amar o tempo e a liberdade!
Reacendo a tua memória no meu peito
Que é a que me dá força pra suportar tanta saudade!

Modesto


Sem comentários:

Enviar um comentário