Follow by Email

terça-feira, 26 de agosto de 2014

FLOR SELVAGEM

















Eu vi uma flor selvagem
Num jardim abandonado;
'Stava triste na paisagem:
Jardim negligenciado!

E vi uma rosa pura
Num esquecido rosal:
Até a toupeira fura
Este jardim que 'stá mal!

E, num canto  do jardim,
Estava a flor selvagem!
Um jardineiro assim
Só pod' andar em viagem...

Cuidar do jardim é tempo
Prá beleza existir.
Mas... também há monumento
Desprezado... a cair...

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário