terça-feira, 28 de maio de 2013

JARDIM DO AMOR
























Fui ao jardim do amor,
Vi algo inusitado:
Nasceu uma linda flor,
Só, no meio do relvado.

'Inda estava fechada
Com uma legenda escrita:
"Jardim do amor, amada,
Tu és a flor mais bonita".

O terreno era às ondas
Todo coberto de flores,
Só onde faziam rondas,
Um relvado dos amores.

Uma linda borboleta
Esvoaçava num canteiro
Onde estava a violeta
Que brilhava o dia inteiro.

Uma sombra no cantinho,
Mundo de sonhos constante,
Um par cheio de carinho,
Tornava o jardim amante.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

SONETO BEM CRIADO

Nestas linhas mal traçadas, Há um soneto partido E mágoas anunciadas: Ouve-se long' o gemido. Nas linhas, há al...