quinta-feira, 4 de agosto de 2016

SAUDOSISMO

























Dos tempos idos ficou a lembrança,
Dos meus ontens, das manhãs doutrora.
Balões de nuvens do meu ser criança,
Do sol da manhã rompendo aurora,..

Meu mundo vivia-o d' esperança,
Nele, eu via o lado de fora:
Via o céu ond' a alma descansa,
Via a vida tangendo a hora!

E tudo corria fácil, ao vento
Que era janela do pensamento...
É um relâmpago a existência!

Hoje busco o meu lugar guardado,
O futuro é visto no passado
E retenho tudo na consciência.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

DESCANSO DUM SONHADOR

A cabeça pendida docemente Em sonhos do sonhador inquieto: É o sonho o seu bordão clemente E repousa num descanso discr...