Follow by Email

sábado, 27 de agosto de 2016

NIZE E A ESTRELA

























Eu vi linda estrela, enamorado,
Fiz logo uns lindos votos de querê-la,
Pois que bem merece o meu cuidado.
Mas, logo vi Nize e achei-a bela!

Mas qual escolherei, se neste estado,
Não sei escolher Nize de uma estrela?
Se Nize vier aqui, fico abrasado,
Se a estrela vier, morro por ela!

Mas ah! Nize não me quer por sua amante
E estrela não me quer por inconstante,
Pois sabem que estou preso noutros braços.

Ou faço de dois semblantes um semblante,
Ou divido meu peito em dois pedaços...
Oh! Vem, Cupido, soltar-me destes laços!

Modesto


Sem comentários:

Enviar um comentário