sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

VIDA CONTEMPLATIVA




















Momentos superiores da alma
Acontecem sempre na solidão.
Pois se os amigos perdem a calma,
Esta faz-nos sofrer o coração.

Quando a própria alma subiu
A um plano alto de excelência,
Reconhecemos Quem a atraiu
Ao enlevo da sã omnipotência.

Uma oblação em santa moral
É rara, mas é serena e bela.
A visão duma vida ideal
Tem o Absoluto já dentro dela.

É revelação da eternidade
Aos amigos que d'Ele têm ânsia.
Tem promessa de imortalidade
E a santa paz na sua substância.

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

DELÍRIO AO PIANO

A tecla, mais doce que um carinho Do meu piano ebúrnio, soluçava. Era como ouvir um sol mansinho, Em cada nota que ne...