VERDURA QUE SECA

















Fiz no campo o meu caminho,
Da vida fiz plantação:
Plantei flores, azevinho,
Fiz versos em oração.

Plantei pão e colhi vinho
Com força da minha mão.
Cantei com o passarinho,
Fiz sorrir o meu irmão.

Verde era o meu jardim,
Verde foi minh' esperança
Da ventura qu' houv' em mim...
Só me resta a lembrança.

Caminhei pelos pomares,
Ond' havia frutaria.
Ainda ouço cantares...
Só há musgo, pedraria!

Era verde o meu jardim!
Eu fazia de pastor:
Regalo de paz sem fim,
Deixei lá o meu amor!

Modesto

Comentários

Mensagens populares deste blogue

NASCESTE, FILIPA !

A VIDA TEM OUTRO SABOR

SALVEMOS O PLANETA