segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

CAMPOS FLORIDOS



















Cheios de gosto e de alegria
Estes campos diviso florescentes,
Com mais ânsia, dor e agonia
E me fazem as lágrimas ardentes.

Este mesmo campinho que desvia
Do peito as mágoas inclementes
Até minha tristeza desafia,
Estas imagens me são diferentes.

Esmalta-se o campo em fragrância
Para dar a ideia de ventura
Com as flores de bela textura.

Ó céus, para vos ver terei constância,
Bela causadora de minha ânsia,
Se cada flor me lembra formosura?

Modesto

Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTO DE COISAS SINGELAS

Gosto de coisas singelas: Arco-íris, suas cores, Bris' a bater nas janelas E dum ramo de flores. E da chu...