Follow by Email

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

FLOR, RAINHA E MÃE



















Menina simples, formosa,
Filha da colin' agreste,
Tens fulgor, és luminosa,
Brilhas como luz celeste.

Guardas na tua doçura
Encanto e esperança.
Traz-me sonhos de ternura
Como era em criança!

Minha luz do Paraíso,
Alegria que enflora.
O teu virginal sorriso
Resplende como Aurora.

És inocente e boa,
Quimera que me encanta,
Pomba que p´la vida voa,
Tens a beleza de Santa!

És Imagem que m' a calma,
Levas-me à Aliança!
Esposa da minha alma,
O meu porto d' esperança!

Caminho do Paraíso,
És minha guia terrestre.
Embala-m' o teu sorriso,
És a minha flor silvestre!

Nestes dias de Verão,
És sombra do meu descanso.
Leva-me p'la tua mão
Com coração puro e manso!

Modesto




Sem comentários:

Enviar um comentário